Ministério da Previdência Social – Dataprev

A Previdência Social é um seguro que garante a renda do contribuinte e de sua família, em casos de doença, acidente, gravidez, prisão, morte e velhice. Para ter essa proteção, é necessário se inscrever e contribuir todos os meses.

O Ministério da Previdência Social é uma instituição pública que tem como objetivo reconhecer e conceder direitos aos seus segurados, ou seja, é quem zela para que a Previdência Social seja possível.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma autarquia do Governo Federal que recebe as contribuições para a manutenção do Regime Geral da Previdência Social, sendo responsável pelo pagamento dos benefícios. O INSS trabalha junto com a Dataprev, empresa de tecnologia que faz o processamento de todos os dados da Previdência. O INSS está vinculado ao Ministério da Previdência Social.

Logotipo da Previdência Social

A renda transferida pela Previdência Social é utilizada para substituir a renda do trabalhador contribuinte, quando ele perde a capacidade de trabalho, seja pela doença, invalidez, idade avançada, morte e desemprego involuntário, ou mesmo a maternidade e a reclusão. Ou seja, durante a vida, o trabalhador contribui para usufruir desse benefício quando não puder mais se manter.

A Previdência Social foi, por muitos anos, a única forma de aposentadoria no Brasil. Porém hoje muitos optam por uma previdência privada, também chamada de complementar, já que o limite do benefício social é, muitas vezes, bem menor do que o salário ao qual a pessoa estava habituada.

Para se aposentar e receber os benefícios, não basta atingir a idade estipulada. É necessário ter contribuído mensalmente ao longo da vida de trabalho. Quem é profissional com carteira assinada, já contribui automaticamente (o valor descontado aparece no holerith), os demais precisam aderir. São eles: empregados domésticos, trabalhador avulso, contribuinte individual (autônomo), segurado especial e facultativo. Para cada categoria, há um percentual a ser pago.